Má gestão de Elias Jr no CAMPS fecha 2019 com prejuízo de quase R$ 1 milhão

Impressionante como a “fama de bom gestor” do advogado Elias Francisco da Silva Júnior esconde um péssimo administrador que só gosta de fazer promoção pessoal com o dinheiro dos outros. O Jornal A Tribuna da última sexta-feira (31), trouxe em uma página dos classificados, o Balanço Patrimonial do Centro de Aprendizagem e Mobilização Profissional e Social (CAMPS), que é muito revelador das trapalhadas e dos gastos excessivos deste rapaz que tentou ser provedor da Santa Casa e almeja a Prefeitura de Santos em 2024. Elias Jr saiu de um superávit em 2018 de mais de R$ 30 milhões para um déficit de cerca de R$1 milhões. Torrou cerca de R$ 32 milhões da entidade.

elias

Analisando os números, é possível perceber que de 2018 para 2019, Elias Jr aumentou o custo com pessoal do CAMPS em quase R$ 1 milhão. Já o custo com os jovens aprendizes, razão de ser da entidade, subiu apenas R$ 200 mil. Para que esse aumento do quadro funcional ele não apresentou. Percebam que o déficit é parecido com os gastos com funcionários. Para que tamanho aumento? Onde se justifica isso? O balanço não é claro e transparente nessa questão. Espero que não seja para pagar o pai ou serviços gráficos feitos na Sangraf de sua propriedade…

Elias Jr (com aval total do seu amigo Watson Uiliana Travassos, o Watson dos Presídios, da Engetal Engenharia e presidente do Conselho do CAMPS) torrou quase R$ 70 mil de dinheiro que poderia estar indo para a formação dos jovens atendidos no CAMPS com o “projeto cultural CARNAVAL”. Essa rubrica no balanço só pode ter a ver com o desfile da Unidos dos Morros no Carnaval 2020, cujo tema é o CAMPS. Mais uma “homenagem paga” para Elias, o rei da promoção pessoal. O que o enredo ajuda na formação dos jovens aprendizes da entidade? Elias Jr recebeu ainda nos caixas da entidade R$ 39 mil de empresas parceiras dispostas a investir no “Projeto Carnaval”. Na foto, ele no samba com jovens patrulheiros. Porque desviar o objetivo da entidade para favorecer seu ego pessoal. Aposto que Elias Jr irá aparecer em um dos carros alegóricos da escola. E vai pagar isso com dinheiro dos jovens aprendizes. Vale lembrar que o desfile é em 2020, portanto no balanço do exercício deste ano vigente deve aparecer “mais gastos com o projeto cultural carnaval”.

elias2

Prova da “farra” que Elias Jr faz com o dinheiro da entidade está na rubrica “Diminuição do Caixa Líquido Operacional”. Em 2018, o CAMPS tinha em caixa operacional R$ 2,75 milhões. EM 2019, fechou com apenas R$ 720 mil. Isso quer dizer o que? Que R$ 2 milhões do caixa voaram para pagar os gastos de promoção pessoal de Elias, com agendas com suas fotos, revistas do próprio CAMPS e entrevistas pagas fora dele, carnaval, e outras coisas que provam que como gestor, Elias Jr deixa a desejar. Mas, como gestor de seu próprio marketing pessoal, pago com dinheiro dos jovens, ele é craque!

eliaswatson

Presidente do Conselho do CAMPS, Watson dos
Presídios deixa Elias Jr fazer farra com dinheiro da entidade

Elias Jr perde tanto tempo com marketing pessoal e com sua ambição política e de ego que não está dando atenção à gestão do CAMPS. O superávit do exercício fechou em negativo em 20,26%. Uma vergonha para alguém que se diz um gestor “diferenciado” fechar um exercício fiscal no negativo. Além disso, o valor recebido de convênios e clientes de entidades diminuiu de R$ 300 mil para quase R$ 140 mil. Ou seja, o CAMPS perdeu mais da metade dos recursos financeiros provenientes de contratos firmados. Se ao invés de concorrer a provedor e conselheiro da Santa Casa, de sonhar com Prefeitura e ainda se preocupar com a fantasia de carnaval 2020 Elias corresse atrás de empresas dispostas a firmar convênio, a realidade seria outra do CAMPS.

O “bom gestor” ainda pagou em 2019, cerca de R$ 305 mil de IR e IPTU, impostos aos quais o CAMPS deveria ser isento, mas por falhas de sua gestão na hora da certificação, paga e entra com processo judicial para tentar receber de volta.

Para comprovar isso é só observar quem são as pessoas próximas de Elias. Além de Luiz Polaco, Watson dos Presídios, Francisco Paccillo, José Geraldo Gomes Barbosa (o tio renegado pelo prefeito), entre outros, está o médico e advogado Arnaldo Haddad (na foto com Elias). Como médico, faz parte do quadro clínico da Santa Casa, ou seja, faz parte do hospital. Já como advogado, representa diversas ações contra a entidade. Salvo engano meu, o Código de Ética da OAB proíbe esse tipo de coisa, mas, como sempre, impera o corporativismo dos advogados e Haddad segue sendo um vestido de branco e outro vestido de terno. Ridículo!

elias4

Está claro que, pela função educacional e de capacitação profissional, o CAMPS vive uma má gestão nas mãos de Elias Júnior.

O balanço é mesmo revelador. E confirma a informação que demos na última matéria desse assunto http://santosemoff.com.br/elias-deu-golpe-para-tomar-poder-no-camps-com-apoio-de-watson-dos-presidios-e-do-pai-contraventor-condenado-por-impressao-de-documentos-falsos/. Está contabilizado os R$ 20 milhões que o antecessor de Elias no CAMPS, João Henrique da Silva(foto), deixou nos caixas da associação antes de ser deposto com um golpe de Watson dos Presídios e Elias Pai. Mas, diante dos gastos desenfreados de Elias, o dinheiro vai sumir. Aproveitando que Elias Jr colocou o CAMPS no Carnaval e no samba, segue a marchinha que vai sobrar para cantar na entidade após a temeridade que é essa gestão: “Onde está o dinheiro? O ‘gato’ comeu e ninguém viu, o ‘gato’ fugiu…”.

11143564_442414212606490_8681483036862403599_o

Rotary e CAMPS unidos
Quando noticiei neste Blog que Elias Jr e o governador eleito do Rotary 4240, Watson dos Presídios, estavam usando o Rotary para as ambições pessoais de ambos fui muito criticado. Até nota contra esse blog a Santa Casa emitiu. Hoje há provas!

Nesse fim de semana veio a comprovação de todas as minhas palavras e informações. Neste sábado (1), o assessor de imprensa do Rotary, Marcelino Silva, o mesmo que criticou a Santa Casa no Facebook na véspera da eleição (coincidências da vida) noticiou a realização de evento do Rotary dentro do CAMPS (veja no PRINT). Não foi o primeiro.

Watson e Elias convocaram reuniões diversas na entidade com rotarianos a fim de dar um golpe na Santa Casa. Colocaram boas funcionárias para ligar a todos os rotarianos de peso. Meninas com nomes de Juliana, Mariana e Flávia ligaram para rotarianos. E as reuniões para o golpe na Santa Casa reuniu gente de peso como Hélio Cesário, Lamartine Balbo, entre outros. Mas perderam a eleição (parabéns aos 28 conselheiros que salvaram os cofres da Santa Casa dessa gente temerária). O sonho de ser provedor e depois prefeito de Elias foi adiado. Espero que, com vergonha, ele repense seus sonhos e se dedique a pesada função de presidente do CAMPS, investindo mais na capacitação dos jovens e nada em sua vaidade pessoal.

Watson e Elias convocaram reuniões diversas na entidade com rotarianos a fim de dar um golpe na Santa Casa. Colocaram boas funcionárias para ligar a todos os rotarianos de peso. Meninas com nomes de Juliana, Mariana e Flávia ligaram para rotarianos. E as reuniões para o golpe na Santa Casa reuniu gente de peso como Hélio Cesário, Lamartine Balbo, entre outros. Mas perderam a eleição (parabéns aos 28 conselheiros que salvaram os cofres da Santa Casa dessa gente temerária).

O sonho de ser provedor e depois prefeito de Elias foi adiado. Espero que, com vergonha, ele repense seus sonhos e se dedique à pesada função de presidente do CAMPS, investindo mais na capacitação dos jovens e nada em sua vaidade pessoal.

elias6

Confira o Balanço do CAMPS

elias7

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*