A caça aos funcionários do Santos Futebol Clube com ligação com o vice-presidente Orlando Rollo já começou. Confira as articulações para a votação dos novos nomes para o Comitê de Gestão.

Guilhotina

Já começaram as demissões e o clima dentro da Vila Belmiro é de medo e incerteza para quem ficou.

Faltam 15

A Coluna soube que da lista de 32 nomes, pelo menos 17, já foram demitidos. Nos próximos dias outras cabeças vão rolar. Uma situação é certa: não vai ficar ninguém com ligação com o vice-presidente Orlando Rollo.

Nomes mantidos

O presidente José Carlos Peres segue irredutível em indicar Anilton Peirão, José Bruno Carbone e Matheus Rodrigues Del Corso para o Comitê de Gestão do Santos Futebol Clube. Os três tiveram seus nomes rejeitados na última reunião ordinária do Santos Futebol Clube.

Não aprovação de Schiff

O conselheiro Marcus Vinicius Lourenço Gomes está mobilizando outros conselheiros para reprovar a indicação do ex-presidente do Conselho, Paulo Schiff, ao Comitê Gestor. Para o conselheiro, Schiff presidiu o Conselho em perfeita sintonia com a diretoria que vendeu Neymar e comprou Leandro Damião, dois negócios muito contestados no clube. Além disso, presidiu a Assembleia Geral em 2014, que foi cancelada com o famoso caso Ananias.

Ouvidor

Matheus Del Corso Rodrigues, vereador em Bertioga, renunciou ao cargo de Ouvidor do clube, para o qual foi eleito em janeiro, na expectativa de ter seu nome aprovado no Comitê de Gestão. Com isso, na terça-feira (16), haverá nova eleição no conselho para o cargo. Ronaldo Cortez, eleito pela Santástica União pelo grupo Orgulho de Ser Santos, será candidato com apoio maciço de conselheiros eleitos e efetivos. Caso nenhuma outra candidatura se apresente, deve ser eleito por aclamação.

Artigo 107

O Artigo 107 do Regimento Interno do Santos proíbe que uma propositura vetada pelo Conselho Deliberativo volte a ser reapreciada por seis meses.

Comissão de Estatuto

Um influente conselheiro, em contato com a coluna, ressaltou que o presidente Peres desrespeita o Estatuto do clube. “Ele argumenta que a Comissão de Estatuto concordou com as nomeações e que seria melhor, pois isso não paralisa a administração do clube. Vários conselheiros estão contrariados com a atitude da mesa. Não sabemos o que vai dar”, disse

Regimento

O conselheiro lamentou que Peres “já derrubou o estatuto” e agora vai fazer o mesmo com o Regimento Interno. “Os conselheiros não tem mais nada para fazer. Vão deixar suas carteirinhas na secretaria e vão comer pizza com a família”.

Mesa do CD

A Mesa do Conselho Deliberativo solicitou à Comissão de Estatuto que analisasse e emitisse um parecer sobre a reapresentação dos três nomes. O parecer foi favorável e sem nenhum tipo de impedimento. Não há relação entre os artigos estatutários e do regimento interno com a nomeação dos três integrantes do Comitê de Gestão.

A conferir.