Coluna “Nos Bastidores do Santos FC”- 13/12/2019

Voltamos! Depois de um período estratégico, estamos com uma nova Coluna. Acompanhe os bastidores da política do Santos FC. Boa leitura!

teixeira

Novo velho nome

Pessoas próximas ao atual presidente do Conselho Deliberativo do Santos, Marcelo Teixeira, sabem que o ex-mandatário do clube só entraria em uma candidatura a presidente novamente se o Peixe vivesse uma grave crise financeira e se as torcidas organizadas, as duas maiores, por exemplo, fizessem um apelo para que voltasse a ocupar a cadeira na Vila Belmiro.

semdinheiro

Novo velho nome 2

Apesar de nem querer ouvir algo sobre o assunto, parece que Valéria Teixeira, mulher de Marcelo, terá que ver o marido disputar uma nova eleição. Diante do cenário das finanças do clube, fruto do descontrole da administração José Carlos Peres, que colocou em risco todo o planejamento para 2020, com salários atrasados do elenco profissional; saída de Jorge Sampaoli; falta de um patrocinador master; inchaço no número de funcionários; entre outras coisas, Teixeira já tem um grande motivo para entrar na disputa.

Novo velho nome 3

Agora, o segundo motivo também não existe mais. A Coluna apurou que, pelo menos, em duas oportunidades, Teixeira esteve reunido com as lideranças da Torcida Jovem e Sangue Jovem e ouviu dos seus presidentes que precisa entrar na disputa e vencer a próxima eleição no clube.

Novo velho nome 4

Entre goles de cerveja Heineken, em um bar próximo da Vila Belmiro, Teixeira ouviu as reclamações dos torcedores, promessa de apoio maciço e o pedido para disputar o pleito de 2020. A ideia principal é administrar o Alvinegro de 2021 a 2023 e, ao mesmo tempo, preparar o filho Marcelinho Teixeira para sucedê-lo em 2024.

detectandoBlefes1

Marcelo e Milton vão bater chapa

Organizadores da campanha de Miltinho Teixeira, irmão desafeto de Marcelo, garante que a campanha está decolando, unindo muita força entre alguns conselheiros efetivos, de muitas vertentes e associados em geral. De acordo com um dos incentivadores de Miltinho, ” a intenção é proteger o Santos Futebol Clube daqueles que querem se aventurar para um cargo tão importante. Seremos os únicos a chegar com um planejamento para resolver de forma muito sensata os problemas de todas as espécies no amado Clube”, disse, pedindo anonimato.

Festa na Vila

Na quinta-feira, aconteceu a festa de confraternização do clube na Vila Belmiro. Houve um intenso desfile de pré-candidatos e ex-candidatos a presidente do clube. Entre partidas de futebol e comes e bebes, políticos de olho nas eleições municipais brotaram por lá também.

Mostrar a cara

Um atuante sócio do clube entrou em contato coma Coluna e ressaltou que é preciso definir quem é quem para as próximas eleições, já que o clube está mal das pernas e ficar em cima do muro não vai ajudar em nada. ” O associado não é bobo. Ninguém vai mais votar em candidatos que não têm trabalhado durante a gestão ou se omitiram em plenário. Chega de votar em espertos”, disse.

camisa

Anotem e me cobrem

Como dizia o saudoso radialista Pinheiro Neto, “anotem e me cobrem”. Está saindo do forno um pedido de impeachment e a expulsão do quadro associativo do presidente do Santos José Carlos Peres. O motivo: utilização do cartão corporativo do clube em proveito próprio. As assinaturas dos conselheiros estão sendo coletadas. Tem gente que foi contra o primeiro pedido de impeachment e agora é a favor.

corporativo

Artigos 16 e 68

Os conselheiros fundamentam os pedidos com base nos artigos 16, “d”; 16 “f”; e 68, “e” do Estatuto do Santos FC. O “68” prevê o impedimento do presidente caso ele tenha praticado ato de gestão irregular ou temerária e o “16” a eliminação do quadro associativo de quem apossar-se de bens pertencentes ao clube.

dinheiro

Farra

Dentre os gastos que Peres fez com o cartão corporativo do clube, do clube, não da pessoa física José Carlos Peres, estão: Arezzo Higienópolis – R$479,80; PUC Higienópolis – R$299,96; Magic Feet Loja 22 – R$149,99; Any Any – R$98,00; Ri Happy Brinquedos – R$339,78; Magic Feet Higienopolis – R$164,97 e Lebruu Patio Higienopolis – R$147,00.

Questões

Um bem informado conselheiro pretende ouvir a resposta do presidente do Conselho Deliberativo Marcelo Teixeira sobre a intrigante pergunta: ” Por que o senhor correu tanto com a tentativa de reforma ampla do estatuto social e não está correndo com a reprovação de contas de 2018 da atual gestão?

Outra

Dessa vez é para o presidente José Carlos Peres: “Por que o senhor não vem a público e mostra os documentos que acabariam com este imbróglio que está sendo a saída do técnico Sampaoli? São eles: guias de recolhimento do FGTS do treinador e o aditivo do contrato do treinador que trata sobre a data da multa de saída antes do término do contrato.

A conferir.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*